Charles Chenko: entrevista exclusiva

Chenko conversou com a nossa equipe e deixou um recado para a torcedor grená
Img 20180424 wa0000
Divulgação: Arquivo pessoal

Nascido em Belo Horizonte (MG) há 30 anos, Charles Rodrigues da Silva, mais conhecido como Chenko, é um cigano da bola. Jogou por diversas equipes do futebol brasileiro, como: Abaeté-PA, Rio Branco-RJ, Democrata-SL, Avaí-SC, Penarol-AM, América-MG, Camboriú-SC, Araxá, América-RN, Nacional-AM, Uberlândia, Fast Club-AM, Brasiliense, São Raimundo.

Começou nas categorias de base do América-MG, mas se profissionalizou no Abaeté-PA.

O portal juventusjaragua.com conversou com o jogador, veja como foi a entrevista com Charles:

Olá Charles, tudo bem? Poderia nos contar como foi a sua trajetória no futebol até chegar ao Juventus?

R: Já rodei bastante no futebol, mas foi no norte do pais que fiz minha vida praticamente no futebol.

Como foi sua participação no último campeonato Amazonense?

R: Joguei numa posição que não estava jogando atualmente e mesmo assim consegui ajudar o time com gols e assistências. Pena que perdemos a final do primeiro turno.

Quais suas características e em quem você se espelha?

R: Sou um atacante brigador, não tem lance perdido, gosto muito do Fred.

Tem marcado gols no último campeonato?

R: 3 gols.

Poderia revelar qual o seu time de coração?

R: Cruzeiro

Quais os sonhos dentro do futebol?

R: Meu maior sonho era me tornar um jogador profissional.

Qual sua expectativa para atuar pelo Grêmio Esportivo Juventus?

R: A melhor possível, tive boas informações através do Filipe Cristiano que ja jogou ai, espero que possamos alcançar nosso principal objetivo.

Como você chegou até ao Grêmio Esportivo Juventus, como aconteceram as conversas?

R: Sempre tive um contato com o Eduardo Clara, joguei no Camboriú na mesma época que ele trabalhava lá, Então não pensei duas vezes para aceitar esse convite

Poderia deixar uma palavra para a torcida do Moleque Travesso?

R: Podem ter certeza que vão ter um time que vai se doar muito dentro de campo, e o principal, vamos atrás do nosso principal objetivo, que é o acesso.

publicado mais de 3 anos